sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Um ótimo Carnaval e até Março!


O post de hoje é para avisar que o blog ficará em recesso durante o Carnaval, mas em Março, voltamos com nossas linhas, bordados e costuras =)

Um ótimo Carnaval a todos!

Até a próxima,

Thaís

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Frases bordadas em blusas de malha



Eu tenho visto muitas blusas com pequenas frases bordadas, um simples detalhe que pode mudar totalmente a carinha de uma blusa, principalmente se ela estiver esquecida dentro do armário. Como eu adoro renovar peças, eu decidi bordar uma pequena frase em uma das minhas blusas de malha.

Depois da blusa escolhida, o passo seguinte foi decidir a frase. Eu escolhi o título de uma das minhas músicas favoritas do Beatles: Free as a Bird. Eu acho essa música linda, não apenas pela melodia, mas também por causa da sua letra, repleta de poesia e uma doce melancolia.

Mas, fazer este bordado não foi tão simples assim. A minha primeira idéia foi escrever a frase à mão livre em um papel, passá-la para a blusa com a ajuda de um carbono para tecido e depois bordá-la usando o ponto atrás.

Na teoria, eu tinha um ótimo plano, mas na prática não foi nada fácil. Usar o carbono de tecido em uma blusa de malha tornou-se um pesadelo.  O carbono não marcou a frase como deveria e o resultado foi uma grande mancha na blusa, que amenizou depois de lavá-la (mas não saiu da blusa por completo).  Minha segunda tentativa foi bordar sem usar um risco como guia. O resultado não ficou nada bom: a malha ficou toda enrugada e isso estragou todo o bordado. Minha terceira tentativa foi trocar a linha de meada por uma linha de crochê fininha.  Eu pensei que uma linha mais grossinha resolveria os meus problemas, mas, novamente, não foi isso o que aconteceu. Mais uma vez eu terminei com o bordado ruim devido ao tecido enrugado.

Foi quando eu recorri ao bastidor e, somente desta forma, eu consegui bordar a minha blusa!

Infelizmente eu não descobri uma forma legal de fazer um risco na blusa, por isso eu fiz o bordado à mão livre com linha de meada. Como eu tenho praticado alguns pontos para bordado à mão, além do ponto atrás, eu usei o ponto atrás entrelaçado cruzado e o ponto de alinhavo.




Depois de todo o trabalho, a minha blusa muito simpática e já estou pensando nos próximos bordados feitos à mão!

Para quem gostou da idéia mas não sabe fazer o ponto atrás, nesse post aqui eu explico direitinho como fazê-lo.

Agora basta escolher a sua frase favorita e bordá-la!

Alguém tem dicas de como fazer bordados à mão?

Até a próxima e uma ótima semana para todos!

Thaís

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Aqui e Agora: Próximas costuras e tecidos.


Desde o final do ano passado, eu tenho pensado em novas maneiras de trazer mais das minhas idéias e inspirações aqui para o Landscape.

Na hora de pensar em novas alternativas, eu percebi que normalmente eu mostro para vocês meus projetos depois de prontos e nunca conto sobre como esses projetos surgiram. Mesmo registrando no blog um pouco das estórias por trás das minhas costuras (os posts da tag Costurinhas, por exemplo), eu tive a idéia de falar um pouco mais dos projetos antes de se tornarem projetos =)

A idéia é comentar mais sobre materiais comprados, reaproveitamento e outras dicas que surgem justamente antes de você seguir para costurar ou criar o seu próximo projeto. Eu acredito que contando um pouco mais sobre as minhas inspirações, isso possa ajudar não apenas vocês, mas eu também a ter novas idéias e cada vez mais criar um material  melhor para o Landscape!

Apresento a vocês a nova tag do blog: Aqui e Agora! Nela eu falarei dos últimos materiais que eu comprei, novas idéias e outras dicas.

Para inaugurar esta nova tag, eu vou mostrar para vocês este tecido que eu comprei no início do ano e eu ainda não tenho idéia do que costurar com ele.  


Eu fui à loja comprar tecido de algodão cru para os meus bordados e me deparei com esta gaze de algodão xadrez custando apenas R$ 2,99 o metro! Na mesma hora comprei três metros do tecido. Porém, até agora eu ainda não consegui decidir o que fazer com ele. Isso sempre acontece comigo quando eu faço uma compra por impulso, mas enquanto a idéia para o meu próximo projeto não se consolida, eu penso em fazer um vestido com ele, semelhante a um tecido xadrez que já costurei. Alguém tem alguma sugestão?

Até a próxima,

Thaís

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Necessaires e estojos com 50% de Desconto na Loja Landscape!



Para começarmos bem a semana, este post é para avisar que todas as necessaires e estojos estão com 50% de desconto na Loja Landscape!

A promoção irá até o dia 19 de fevereiro. Por isso, não percam =)

Uma ótima segunda-feira para todos!

Até a próxima,

Thaís

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Linhas de costura: Elas são mesmo todas iguais?


Desde criança, eu sempre escutei da minha avó a seguinte frase: “minha irmã só usa linha Corrente na hora de costurar”.

Para quem não sabe, eu comecei a aprender a costurar com a minha avó, e boa parte da minha infância eu observei ela e a sua irmã recortarem retalhos de tecido para fazerem colchas, tapetes de retalhos e outras costuras.

O tempo passou, e quando eu comecei a costurar, comprar linhas e outros tipos de aviamentos se tornou algo corriqueiro. Mas apesar de ter escutado essa frase grande parte da minha vida, eu sempre achei melhor comprar tubos grandes de linha, da marca que estivesse sendo vendida, do que gastar dinheiro com pequeninos carretéis de linha.




Nas últimas semanas, eu comecei a costurar uma calça de brim e, pela primeira vez, eu decidi comprar o carretel de linha da marca Corrente, em vez de investir em mais um tubo grande de linha.  O resultado dessa nova compra me surpreendeu!

Sinceramente, eu pensava que linha era linha. Eu compreendia que existiam linhas diferentes, para objetivos distintos, mas nunca imaginei que marcas diferentes poderiam influenciar tanto na costura.



O zigue-zague foi o ponto onde eu realmente notei a diferença de uma linha para outra. Eu utilizo bastante este ponto da minha máquina, mas não é o meu acabamento favorito. Normalmente, a máquina faz o ponto como deveria, mas ele não fica bonito como eu gostaria. Com a troca da linha, eu notei uma melhora significativa! O ponto ficou mais uniforme, e eu muito mais feliz com o meu acabamento!

Eu gostei tanto do resultado que já investi em um tubo grande de linha na cor preta, também da marca Corrente, para ver como ele funcionará com os meus bordados. Apesar de ter pontos muito mais bonitos, a diferença nos preços é considerável.  Eu gastei R$ 15,00 no tubo grande da Corrente, e com este valor eu compraria cerca de três tubos grandes de marcas aleatórias. Porém, no momento, sinceramente, a troca, para mim, valeu muito a pena.

O post de hoje, além de falar um pouco sobre a minha última experiência na costura, é também para saber se vocês prestam atenção à marca da linha de costura que vocês usam e se vocês sentem alguma diferença de uma marca para outra?




Alguém tem dicas de marcas de linhas que usam nas suas costuras e gostam bastante?

Até a próxima e uma ótima semana para todos!

Thaís


quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Capinha de tecido removível para personalizar cadernos e agendas


Quando um novo ano começa, eu automaticamente penso no caderno que se tornará meu braço direito!

Eu sou uma pessoa que adora anotar tudo: listas, listas do que fazer, projetos, encomendas, livros lidos etc. E por mais que existam inúmeras possibilidades digitais para organização atualmente, eu não abro mão dos meus cadernos.  Eu já tentei usar uma agenda para este fim, mas nunca deu certo. Desde criança eu tenho o hábito de escrever diários e com o passar dos anos meus diários se transformaram nos cadernos onde eu organizo todas as minhas atividades e idéias.

Eu acredito que os meus cadernos de anotação funcionem como um espécie de Bullet Journal, e eles são essenciais para mim. Mas ao mesmo tempo que eu adoro os meus cadernos, eu procuro não investir muito dinheiro neles (algo difícil de ser feito diante a tantas opções simpáticas que existem).  Por isso, personalizar meus cadernos de um jeitinho craft e criativo sempre foi a melhor solução para mim.



Eu já falei sobre como encapar cadernos e agendas algumas vezes aqui no blog e para o meu caderno desse ano eu decidi fazer uma capa de tecido removível. Desta forma, quando chegar a hora de trocar o meu caderninho, eu posso utilizar a mesma capinha.  



Para deixar o caderninho ainda mais com a minha cara, eu usei cola bastão para colar vários bloquinhos de post-it na folha de capa do caderno. Sinceramente, eu não gostei do estilo da folha de capa e eu estava pensando na melhor forma de escondê-la sem ter que arrancá-la. Esta foi uma ótima solução! A folha que me incomodava desapareceu e o meu caderno ficou muito mais funcional :)


E este é o resultado!

Para quem quiser fazer sua própria capinha de tecido, eu fiz a minha baseada neste tutorial aqui. O blog está escrito em alemão, mas o post é muito bem ilustrado e você consegue facilmente fazer a sua capinha olhando as fotos.

E você? Conhece alguma forma legal de personalizar seus cadernos e agendas?

Eu espero que tenham gostado!

Até a próxima,

Thaís

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...