quarta-feira, 24 de maio de 2017

Descubra 6 bons motivos para você começar a costurar suas próprias roupas.

Eu já contei algumas vezes aqui no Landscape o grande motivo por trás da minha vontade de começar a costurar as minhas próprias roupas: não encontrar uma calça jeans para comprar que eu realmente gostasse.

Desde aquele dia em que eu coloquei na cabeça que eu aprenderia a costurar, eu não tenho nenhum motivo para me arrepender desta decisão! Pensando nisso, eu decidi escrever este post, para listar 6 ótimos motivos para você, que acha que não leva muito jeito com a costura, começar a se aventurar neste universo =)

Costura para iniciantes


Costurar não é tão difícil quanto parece.

Costurar não é tão difícil quanto parece. Isso é a pura verdade. Se você não entende nada de costura, comece devagar e com moldes mais simples. No começo, nada de zíper, pregas ou botões. Opte por modelos simples e mais larguinhos, e aos poucos você terá mais confiança para costurar e começará a se aventurar por moldes mais complexos. O importante é não ter medo de errar. Se não ficou bom na sua primeira tentativa, tente novamente. Eu garanto que valerá a pena =)


Molde vestido com manga japonesa
Costurinhas

Costurar nossas próprias roupas pode ser uma grande economia.

Quando passamos a costurar nossas próprias peças, percebemos como podemos economizar com roupas. Existem diversos tipos de tecidos e, logicamente, alguns serão mais caros do que outros. Com um metro e meio de tecido, por exemplo, podemos fazer uma bela saia de viscose gastando apenas R$15,00!



Começamos a prestar mais atenção no que vamos comprar e sabemos quanto vale a pena investir em uma nova peça.
Atualmente, eu sou muito mais seletiva para comprar uma peça de roupa do que eu era antes de aprender a costurar. Enquanto antes eu comprava o que via pela frente, hoje eu analiso não apenas se a roupa veste bem, mas analiso o tecido, os acabamentos e, principalmente, a qualidade da peça como um todo. Desta forma, eu sei quanto vale a pena investir em uma nova peça ou não.


Aprendemos a vestir o que realmente gostamos.
Isso foi uma das melhores descobertas que fiz com a costura. Eu descobri que eu adoro peças com cintura marcada e mais alta, por exemplo. Quando aprendemos a costurar, podemos fazer uma peça que combine conosco, do jeito que queremos e não apenas contar com a sorte de encontrar uma roupa que fique bem em nós.


Começamos a descobrir o nosso estilo na hora de se vestir.

Eu não sou uma pessoa que adora moda (ou modismos), eu gosto de vestir o que gosto, independente se aquela peça está na moda ou não. Mas esse pensamento surgiu depois que eu comecei a costurar. Ter a certeza do que gosto de vestir, do que eu quero costurar, acabou me ajudando a descobrir que tipo de roupas eu realmente gosto e saber que aquela roupa combina comigo é algo muito bacana.

Molde vestido
Vestido com estilo retrô

Não existe nada mais legal do que usar uma roupa feita por você.
Eu adoro essa sensação! Atualmente, cerca de 70% do meu guarda-roupa foi costurado (ou modificado de alguma forma) por mim. Por isso, quase sempre eu estou vestindo algo que eu mesma fiz. E não existe nada mais legal do que alguém elogiar sua roupa e você responder: Obrigada! Fui eu que fiz =)
Então? Vamos começar a costurar as nossas próprias roupas?!

Para quem não sabe por onde começar, não deixe de olhar a série Eu Não Sei Costurar, com moldes e dicas sobre costura. E se tiver qualquer dúvida, não deixe de falar comigo, através dos comentários ou pelo e-mail myownlandscapedreams@gmail.com .

Eu espero que tenham gostado,

Até a próxima,

Thaís

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Até amanhã: Frete Grátis no studio@thaismelo nas compras acima de R$ 89,00!

Frete Grátis nas compras acima de R$ 89,00 em qualquer item do studio@thaismelo!

Para aproveitar a promoção que vai somente até amanhã, basta clicar na imagem abaixo!

Frete grátis no studio@thaismelo

Ainda não conhece o studio@thaismelo? Clique aqui

Quer conhecer um pouco mais sobre as minhas ilustrações e ilustrações bordadas? Clique aqui

Uma ótima quarta-feira para todos!

Até a próxima,

Thaís

sábado, 13 de maio de 2017

Últimas encomendas: Necessaires com nomes bordados.

Conjunto de necessaires bordadas - Thaís Melo

Na última semana, eu terminei um conjuntinho de necessaires bordadas com nome! O pedido foi feito por uma avó que queria presentear sua nova netinha, Beatriz =)

O mais bacana desse pedido é que eu fiz o mesmo tipo de necessaire para a irmãzinha mais velha da pequena Beatriz, há três anos. Eu fiquei super feliz de saber que as necessaires são usadas por ela até hoje, todos os dias na escola.

Conjunto de Necessaires bordadas - Thaís Melo

O único pedido referente às necessaires é que o tecido deveria ter pequenas flores. Na hora de comprar o tecido, eu me encantei com esse tricoline delicado, repleto de pequenas rosas. Para a base da bolsa, eu utilizei tecido de algodão cru, zíper de metal na cor dourada e, para finalizar, fiz o bordado à mão.

Bordado livre - Thaís Melo

Este é o resultado!

Para saber mais detalhes de como encomendar o seu Conjunto Necessaires Bordadas, não deixe de enviar um e-mail para myownlandscapedreams@gmail.com =)

Até a próxima e um feliz Dia das Mães para todos!

Thaís

terça-feira, 9 de maio de 2017

Como fazer um bordado na gola da sua camisa?

Rosa em bordado Rococó

No Natal do ano passado, eu ganhei uma linda camisa com gola na cor laranja!

Eu adoro a cor laranja, mas no dia-a-dia, eu sempre uso tons mais neutros. Eu fiquei surpresa de ver como um pouco mais de cor deixou o meu guarda-roupa muito mais colorido e divertido!

Quem acompanha o Landscape sabe que eu adoro camisas com golas e não demorou muito tempo para eu começar a pensar em uma forma de deixar minha nova camisa mais especial. Foi quando eu me lembrei de um dos primeiros posts do Landscape, onde eu ensinei a fazer uma rosa em bordado rococó! Este seria o bordado perfeito para a minha nova camisa =)

Rosa em bordado Rococó

Para quem quiser começar a praticar bordados, essa pequena rosa é uma ótima opção. Ela é um bordado pequeno, relativamente simples de fazer e que tem o dom de deixar qualquer peça muito mais especial!

Então? Que tal deixar uma peça sua muito mais especial com um bordado feito por você?

O passo a passo completo do bordado está neste link!

Rosa em bordado Rococó

Quem se aventurar a bordar suas peças, não deixe de me contar. Eu vou adorar ver os bordados de vocês =)

Até a próxima,

Thaís

sexta-feira, 28 de abril de 2017

Nos últimos meses: Ilustrações, Colab55, Panólatras e algumas costuras.

Ilustração em aquarela

Desde que eu comecei a bordar com a máquina de costura, eu retornei ao universo dos desenhos.  Eu desenho desde criança e sempre tive um certo fascínio por desenhar rostos de pessoas. Durante alguns anos, eu passava minhas tardes depois do colégio apenas desenhando.

Eu comecei a costurar, criei o Landscape e não demorou muito para eu sentir uma imensa vontade de bordar. Quando isso aconteceu, o desenho voltou a fazer parte dos meus dias.

Estampa Panólatras
Novas estampas

No final do ano passado, eu decidi que queria desenhar mais e é isto que eu tenho feito! Mas ao mesmo tempo que eu adoro desenhar, eu também sou fascinada por todo o universo craft e eu simplesmente não queria me voltar para uma atividade e simplesmente esquecer a outra. Por isso, voltei a desenhar estampas, que já estão sendo vendidas no Panólatras, e no último mês eu decidi abrir um studio com alguns dos meus desenhos no Colab55!


@studiothaismelo Colab55
Studio @thaismelo

O Colab55 é uma espécie de plataforma onde artistas colocam suas artes e elas podem ser transformadas em diferentes produtos, como canecas, quadros, almofadas, entre outros. Todos os produtos vendidos são entregues e confeccionados pelo Colab55 e o artista recebe uma porcentagem por cada peça com sua arte que foi vendida.  Para quem quer conhecer um pouco mais do meu universo dos desenhos, não deixe de visitar o Studio @thaismelo, na plataforma do Colab55.



Ilustrações em Aquarela

Mas além de todos os desenhos, as costuras continuam por aqui! No último mês, além de ter terminado uma encomenda de bolsinhas de tecido, ter bordado toalhas em ponto cruz e ter feito uma cestinha muito simpática com corda e tecido de chita, eu costurei uma blusa estilo cigana, com minha gaze de algodão xadrez. O que isso tudo significa? Muitos posts com costuras e outras dicas crafts para o próximo mês =)

Até a próxima,

Thaís


quarta-feira, 19 de abril de 2017

Eu Não Sei Costurar: Como observar uma peça e criar o molde?

Costura para iniciantes

Eu já comentei algumas vezes aqui no Landscape como que com o passar do tempo, ao olhar uma peça de roupa, eu consigo imaginar o seu molde. Isso pode parecer algo difícil de ser feito, mas na verdade não se trata de nenhum super poder, basta separar a peça por partes, como desmontar e montar um quebra-cabeça.

A idéia para o post de hoje surgiu quando a minha avó comprou algumas revistas Burda Style e me perguntou: “Thaís? Será que olhando esses modelos você conseguiria riscar o molde?” Na mesma hora eu pensei que isso se tornaria uma série de posts interessantes para o blog.

A revista já contém todos os moldes e tem ótimas dicas para a costura, mas, para mim, isso não é uma questão de saber fazer o molde do modelo daquela revista ou não, mas sim, de aprender a observar as peças e, aos poucos, não apenas recriar modelos, mas sim, fazer os nossos próprios moldes do jeito que queremos!

“Eu gostei da parte de baixo daquele vestido e seria legal fazer uma saia!”

“Aquela blusa e aquela saia dariam juntas um belo vestido.”

“Eu adorei o vestido, mas ele poderia não ter aquele detalhe.”


A idéia não é apenas conseguir fazer aquele modelo específico no seu tamanho, mas misturar partes diferentes de peças distintas para criarmos peças únicas que tenham mesmo a nossa cara.

Um dos grandes motivos para eu querer aprender a costurar foi justamente não conseguir encontrar uma calça jeans que não precisasse de ajustes para mim, além de encontrar um modelo que eu realmente gostasse. Eu estava cansada de gastar dinheiro em peças que, na verdade, não me faziam totalmente feliz. Por isso, começar a costurar foi uma das melhores escolhas que eu poderia ter feito. E poder ajudar vocês de alguma forma com as suas costuras é uma grande alegria para mim =)

Eu peguei duas revistas Burda Style da minha avó, escolhi três modelos (dois vestidos e uma jaqueta) e irei nos próximos meses contar para vocês todo o processo das costuras dessas peças. A observação do modelo, possíveis modificações e como eu riscaria cada peça a partir dos moldes que já apareceram na série Eu Não Sei Costurar.

A primeira peça será um vestido e, em breve, eu conto mais detalhes para vocês.

Eu espero que gostem da idéia!

Até a próxima,

Thaís

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...